Blues à romana

ZuccheroConfesso aos leitores que, durante algum tempo, estava desanimado quanto à agenda de shows para Porto Alegre. Nada de muito interessante pintava no ar, e quase sempre que abria o site do Teatro do Sesi ou da Opus Produtora, já ia com um ar meio frustrante.

Mas na sexta isso mudou. Olhando a agenda da Opus, qual não foi minha surpresa ao ver que um conhecido astro da música italiana (pop e blues) retorna para Porto Alegre depois de dez anos. Até tinha me esquecido que ele existia (e acreditem, isso me deixou bastante mal).

Então, aproveitando que Zucchero vai tocar no dia 27 ali perto de casa – mais precisamente no teatro do Bourbon Country – vamos falar um pouco dele aqui.

Nascido como Adelmo Fornaciari em 1955, Zucchero (em inglês “Sugar”, mas não sei como é a tradução em português) ganhou seu apelido artístico quando era adolescente. Quando aprendia a tocar guitarra, focou o seu estilo no blues, formando várias bandas na adolescência.

Em 1981, ele foi o vencedor de um festival de música conhecido na Itália, ganhando certa fama, o que o levou a lançar um disco em 1983, denominado Un Po’ di Zucchero. Mas o sucesso só veio mesmo em 1992, com o lançamento de Blues. Durante esse tempo é que surgiram as músicas mais conhecidas do artista, como Senza Una Donna, You’re so Beautiful e Diamante.

Conheci o som de Zucchero em 1997 ainda (coincidentemente, a sua última vinda para o Brasil), quando ele lançou seu The Best of Zucchero, que teve uma considerável publicidade na televisão. Claro que só ouvi Senza Una Donna na época, não tendo me aprofundado na obra do músico. Hoje, posso dizer o que dizem na imprensa: Zucchero é um dois maiores artistas que a Itália já revelou.

Zucchero também já cantou ao vivo com vários artistas famosos, como Eric Clapton, Paul Young e Andrea Boccelli. Com este último, é notável a performance que fazem na música Miserere, com direito a aplausos do público no momento em que Zucchero começa a cantar, tal é a admiração dos italianos por sua obra.

Seu último disco, Fly, traz um Zucchero bem temperado no blues e nas músicas românticas, bem o seu estilo. Agora é conferi-lo dia 27/10, às 21h. Garanta seu ingresso. É um tanto salgado, mas vale a pena.

E para provar que não estou mentindo, confiram o presente que deixo pra vocês abaixo:

That’s All Folks!

Postado por Fred

Anúncios

5 Responses to Blues à romana

  1. Paula disse:

    Por salgado tu quer dizer…

  2. Fred disse:

    Ca-que-como?

  3. Josie disse:

    Gostei.
    Vou adicioná-los 😉

  4. Fred disse:

    Só agora entendi o que tu quis dizer, Paula.
    Salgado quer dizer um ingresso de platéia baixa a 150 pila e o mezanino a 80.

  5. roberta disse:

    Gente…
    Salgada é a vida!
    Depois de show maravilhoso, a gente fica pensando q por essas e outras a vida vale à pena..confesso q fiquei docinha depois desse lindo espetáculo!
    Dá-lhe Zucchero!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: