Versão Brasileira, Herbert Richards

Outra segunda-feira e… Adivinhem… Mais um post da nossa série Sessão da Tarde. O texto desta semana é uma cortesia do sempre prolixo sr. Kauê Menezes.

Sessão da Tarde (?) v4

Pois, então… Chegou a hora de falar das minhas lembranças a respeito da gloriosa (?) Sessão da Tarde. O que eu tenho a dizer é que… Praticamente não tenho lembranças. Sempre tive coisa melhor pra fazer nas minhas tardes do que assistir à Globo — minha mãe foi dona de uma locadora de jogos de video game durante boa parte da minha infância, isso sem falar no futebol, no basquete, no tênis, nas aulas de inglês, no computador, nos gibis, nos brinquedos e na boa e velha TV a cabo.

Entretanto, não poderia deixar de registrar que sou grande fã do inigualável Narrador da Sessão da Tarde. Um cara que vive altas aventuras ao fazer a eletrizante locução que embala as propagandas dos filmes do barulho que passam todas as tardes na programação explosiva da Rede Globo. E ele vive se metendo em tanta confusão que até Deus duvida!

Anúncios

2 Responses to Versão Brasileira, Herbert Richards

  1. Natusch disse:

    Tinha “coisa melhor para fazer”… Humpf.

  2. douglascsk disse:

    A narração desse cara é muito boa. Mas, falando sério, o que seria dele se fosse proibido falar a palavra confusão? Não consigo nem imaginar… hehe
    obs.: número de vezes que “confusões” são faladas ao longo do vídeo – 1254793212045

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: