Hello, stranger

swaza.jpg

Entre tantas perguntas que não querem calar uma ganhou resposta na semana passada, ao menos na Grã-Bretanha, graças a uma pesquisa realizada pelo site inglês myfilms.com. Eles perguntaram para mais de 2.000 britânicos qual a frase cinematográfica que eles mais usam na vida real. O resultado lembra um pouco um Top 3 realizado pelo COWABANGA! há uns muitos posts atrás.

Nada de “vá para a arena” ou “play it, Sam”, para os ingleses a melhor forma de se despedir (ou não) é relembrar o ex-mr.-universo-atual-governador-da-Califórnia-na-época-em-versão-
metálica, encher a boca e dizer: “I’ll be back”, ou “Eu voltarei” em versão tupiniquim. O site elaborou um ranking, com mais nove frases que saem da telona direto para a boca do povo.

Em segundo lugar deu Clark Gable, esnobando fantasticamente Vivien Leigh versão Scarlet O’ Hara, com “Francamente, querida, eu não estou nem aí” (Frankly, my dear, I don’t give a damn), do clássico de 1939 E o vento levou.

Em terceiro “Beam me up, Scotty” (Teletransporte-me, Scotty), supostamente dirigida ao engenheiro Montgomery Scott de Jornada nas Estrelas, mesmo que já tenha sido provado que a frase jamais foi pronunciada em qualquer episódio da série.

Em quarto, mais ficção cientifica com “Que a força esteja com você” (May the force be with you), da série Guerra nas Estrelas, iniciada em 1977.

Em quinto, um pulo para a década de 90, com Forrest Gump repetindo um dos conselhos mais sábios da sua mãe: “A vida é como uma caixa de bombons” (Life is like a box of chocolate).

Em sexto, a imitadíssima “Are you talking to me?” (Tá falando comigo?), dita pela primeira vez por Robert De Niro em 1976, no filme Taxi Driver.

Em sétimo, “Show me the money” (Mostre-me o dinheiro), com um Tom Cruise ainda não convertido a cientologia no filme de 1996, Jerry Maguire.

Em oitavo, deu Clint Eastwood, matando primeiro e perguntando depois, com “Do you feel lucky, punk?” (Está com sorte hoje, cara?), dita em Dirty Harry (1971).

E em nono, mais um clássico, “He’s looking at you, kid” (Ele está olhando pra você, garota), do inesquecível Casablanca (1942) e, em último lugar, “Nobody puts Baby in the corner” (Ninguém deixa a Baby de lado), de Dirty Dancing (1987).

Bem, isso é tudo por hoje pessoal. Ou melhor…

Hasta la vista, baby!

Postado por Paula

Anúncios

5 respostas para Hello, stranger

  1. Mario disse:

    rapaiz não tinha lido isso ainda! q rox!

    se fizerem no Brasil tenho dúvidas se a frase preferida será:

    “Põe na conta do Papa”

    ou se irão pelo cinema tradicional e citar Mussum:

    “Cacildz!”

    fica a dúvida 😛

  2. paulabianchi disse:

    Bem, não sei quanto ao resto dos brasileiros, mas depois de Cidade de Deus acho difícil “Dadinho o C#$%&*, meu nome é Zé Pequeno” não largar em primeiro. Seja lá como as pessoas encaixem isso nas conversasções…

  3. Kauê disse:

    ainda não assisti tropa de elite, mas, pelo que tenho visto, é um dos filmes que mais… ahn… contribuiu com o vocabulário dos brasileiros nos últimos tempos
    mais até que cidade de deus

  4. Bela disse:

    aaaaaaaaaaaa, em Forest Gump, eu votaria em “- run Forest! run!!!”
    Esse raking ta meio “pede p/ sair!!”
    🙂

  5. finance disse:

    I like the helpful info you supply to your articles.

    I will bookmark your blog and take a look at once
    more right here regularly. I am somewhat sure I’ll be told many new stuff right right here!
    Good luck for the next!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: